Graça Moura
75 anos
  • Nasceu a 3 de Janeiro de 1942, no Porto, é casado e tem quatro filhos.
  • Licenciou-se em Direito no ano de 1966, pela Universidade de Lisboa. Concluído o curso passou a exercer a Advocacia a par de uma carreira literária que iniciou três anos antes, com a publicação de um livro de poesia intitulado “Modo Mudando”- 1963. Desde então produziu mais de 90 obras entre poesia, ficção, teatro, ensaios, traduções e antologias.
  • Fez parte da primeira comissão administrativa da Câmara Municipal do Porto em Outubro de 1974
  • Foi eleito deputado à Assembleia Constituinte, em 1975, não tendo, no entanto, chegado a assumir o cargo por ter sido nomeado Secretário de Estado da Segurança Social no IV Governo Provisório.
  • Voltou a funções governativas, no VI Governo Provisório, com a responsabilidade da Secretaria de Estado dos Retornados.
  • Director de Programas do Primeiro Canal da RTP (1978). Administrador da Imprensa Nacional – Casa da Moeda 1979 – 1989. Comissário de Portugal para a Exposição Universal de Sevilha de 1992. Comissário- Geral da Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses (1989-1995). Director do Serviço de Bibliotecas e Apoio à Leitura da Fundação Calouste Gulbenkian (1996).
  • Eleito Deputado europeu em 1999 onde foi 1o Vice- Presidente da Comissão Parlamentar da Cultura, Juventude, Educação, meios de comunicação social e desportos.
  • É oficial da Ordem de Santiago da Espada (1983).
  • É Deputado ao Parlamento Europeu (reeleito em 2004) onde integra as:
    • Comissão da Cultura e da Educação.
    • Comissão do Ambiente, da Saúde Pública e da Segurança Alimentar,
    • Delegação para as Relações com os Estados Unidos.
    • Delegação para as Relações com o Mercosul.
    • Delegação para as relações com a Assembleia Parlamentar da NATO.
  • É Director da Fundação da Casa de Mateus e Membro do Conselho Directivo da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento.

Alguns dos prémios literários recebidos :

  • Prémio Pessoa, 1995
  • Grande prémio de poesia da Associação Portuguesa de Escritores, 1998
  • Prémio Jacinto do Prado Coelho (ensaio), da Associação Internacional dos Críticos Literários
  • Prémio de ensaio da Associação dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto
  • Prémio Gulbenkian de tradução da Academia das Ciências de Lisboa (ex-aequo)
  • Prémio de Poesia do PEN Clube Português
  • Recebeu ainda prémios literários das Câmaras Municipais do Porto e de Lisboa
  • Medalha de ouro do Comune de Firenze
  • Premio Internazionale la Cultura del Mare (San Felice Circeo, 2002)
  • Distinção nos 30 anos do 25 de Abril, na área da literatura, Árvore – Cooperativa de Actividades Artísticas, 2004
  • Coroa de Ouro do Festival de Struga (Macedónia), 2004
  • Prémio Internazionale Diego Valleri, Monselice, 2004
  • Grande Prémio de Romance e Novela da APE, 2004.
voltar